PT | EN
ENVIA-NOS UMA MENSAGEM geral@rostosolidario.pt
CONTACTA-NOS +351 256 336 001
FAÇA UM DONATIVO

Rosto Solidário abraça todos os grupos da sociedade

 

Novos projetos de educação abrangem a população adulta e sénior

A Rosto Solidário deu início a dois novos projetos de educação para adultos – o projeto “E-CRAFTS” e o “ACT 4 INCLUSION – LIFE IN THEATRE”, que reforçam a estratégia mais inclusiva e transversal desta ONGD, utilizando os conceitos de educação não formal.

O projeto E-Crafts, cujo lançamento se realizou no início de julho, contempla as dimensões sociais e artísticas, focando-se na formação de adultos com menos oportunidades para que estes desenvolvam competências para a sustentabilidade e o bem-estar através da arte e dos saberes artesanais. Este projeto surgiu no contexto da pandemia de COVID-19, que tem vindo a afetar todos os segmentos da população à escala mundial e, de forma muito particular, os grupos sociais que já eram os mais vulneráveis e todo o setor cultural e artístico.

Iara Guimarães, colaboradora neste projeto, afirma que “(…) O projeto pretende envolver pelo menos 212 indivíduos que serão diretamente beneficiados pelos resultados, incluindo pessoas dos três países participantes do projeto, Itália, Espanha e Portugal. E-Crafts será uma oportunidade tanto para os indivíduos que trabalham com artesanato, quanto para as pessoas com um maior nível de vulnerabilidade”.

Já por sua vez, o projeto também recentemente lançado ACT 4 INCLUSION – LIFE IN THEATRE pretende alargar e desenvolver as aptidões dos educadores (que trabalham na área da inclusão social nomeadamente, com refugiados, idosos e pessoas que atravessam carência económica), potencializando as suas competências com o uso do teatro.

Patrícia Ribeiro, colaboradora neste projeto, partilha que “(…) Este é um projeto muito importante para a Rosto Solidário, uma vez que cruza várias dimensões com as quais a nossa organização se identifica: a educação não formal, as artes performativas e a gamificação. O projeto é bastante ambicioso nos seus objetivos, uma vez que para além de ter como foco no mínimo de 200 educadores de adultos, também pretende envolver 200 beneficiários com diferentes especificidades. Por outro lado, também consideramos que é um projeto que irá constituir uma grande mais-valia não só pelos seus produtos intelectuais, mas também pela sua diversidade e pela existência de momentos de experimentação das estratégias junto dos seus beneficiários.”

Após a sua consolidada experiência na educação de jovens, levada a cabo pela promoção de projetos financiados pela União Europeia como o Erasmus+ e o Corpo Europeu de Solidariedade, a Rosto Solidário abre o seu raio de atuação abraçando a camada mais adulta e sénior da sociedade com estes dois novos projetos. Ao mesmo tempo, prova que a estratégia da utilização da educação não formal e os resultados alcançados destas metodologias são transversais aos campos de trabalho de jovens a adultos.

Seguindo esta nova estratégia de ação, a ONGD Rosto Solidário reforça a sua carteira de projetos na área da educação de adultos, adotando as metodologias de educação não formal, como a gamificação e a inclusão de técnicas e artes performativas.

Subscreva a nossa newsletter