ENVIA-NOS UMA MENSAGEM geral@rostosolidario.pt
CONTACTA-NOS +351 256 336 001
(Chamada para a rede fixa nacional)
FAÇA UM DONATIVO

Webinar Cabo Delgado: Prioridade às Pessoas

 

No dia 14 de dezembro participe no Webinar Cabo Delgado: Prioridade às Pessoas

É já no dia 14 de dezembro, pelas 19h00 hora de Lisboa/ 21h00 em Maputo que se realiza o webinar Cabo Delgado: Prioridade às Pessoas, com a participação de D. António Juliasse, Administrador Apostólico de Pemba; Zenaida Machado, investigadora da Human Rights Watch; Ivone Soares, deputada e escritora moçambicana; Isabel Santos, eurodeputada pelo grupo S&D; numa conversa moderada pela jornalista portuguesa Cândida Pinto.

Basta inscrever-se no link https://tinyurl.com/prioridadeaspessoas

A iniciativa pretende trazer para o espaço público a trágica situação humanitária vivida na província de Cabo Delgado, no Norte de Moçambique, na sequência do conflito armado em curso naquela região desde outubro de 2017.

Não queremos deixar cair em esquecimento que as ações violentas, levadas a cabo por grupos armados, têm resultado em intoleráveis assassinatos de cidadãos inocentes. Que até à data, morreram mais de 3100 pessoas e que se estimam 800.000 pessoas deslocadas, das quais 27% são mulheres e 52% são crianças, segundo da Organização Internacional para as Migrações.

Apesar da fuga e do apoio, estas populações vivem em situação de grande precaridade e vulnerabilidade uma vez que a ajuda humanitária continua a ser insuficiente para a dimensão da catástrofe.

É urgente uma ação que vá para além da intervenção militar, que se fundamente no desenvolvimento como garante da paz.

Esta é uma iniciativa da Cáritas Portuguesa, Centro Missionário Arquidiocesano de Braga, Comissão Nacional Justiça e Paz, FEC – Fundação Fé e Cooperação, FGS – Fundação Gonçalo da Silveira, e Rosto Solidário. Movidas pela defesa intransigente da dignidade humana as organizações promotoras vêm apelar ao reforço da vigilância de qualquer violação aos direitos humanos, ao incremento da ajuda humanitária e à promoção do desenvolvimento como meio de alcançar uma paz efetiva e duradoura. Convidam também a que se juntem a este debate, fazendo a sua inscrição

O conhecimento e participação de todos é fundamental!

Subscreva a nossa newsletter