ENVIA-NOS UMA MENSAGEM geral@rostosolidario.pt
CONTACTA-NOS +351 256 336 001
FAÇA UM DONATIVO

Projeto em Angola aprovado

Da rua para a escola – Assegurar o direito à educação”, é um projeto elaborado com o apoio da Rosto Solidário que será levado a cabo pela Congregação dos Missionários Passionistas, em Angola. Foi uma das nove propostas aprovadas, num total de 95 lançadas ao concurso do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua (ao Fundo de Pequenos Projetos 2023).

Dois centros de explicação ajudarão cerca de 250 crianças a usufruir de uma “educação inclusiva e a concluírem o ensino primário e secundário”.
A Congregação dos Missionários Passionistas e o próprio do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, estão convictos de que, “(…) este projeto irá ser um sucesso, com a colaboração e contribuição da comunidade e das famílias dos alunos”.
(…) A construção e melhoria das instalações escolares para as crianças é um foco deste projeto que merece ser apoiado, pelo que incentivam para que mais parceiros e doadores se associem, incluindo empresas portuguesas (…)”.

O Fundo de Pequenos Projetos, do Camões I.P., “(…) visa mitigar algumas carências identificadas por atores da sociedade civil junto das comunidades, no domínio social (Saúde e Educação, em particular) que, pelo seu cariz e pequena dimensão em termos orçamentais, não são abrangidas por outro tipo de apoios institucionais no quadro da Cooperação Portuguesa ou de outros parceiros de desenvolvimento, e cujas ações estão alinhadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (Agenda 2030) (…)”.

Recentemente, o Santuário de São José de Calumbo, recebeu o Embaixador de Portugal em Angola, Francisco Alegre Duarte e o Adido para a Cooperação, Miguel Girão de Sousa. Estas visitam que se fizeram também acompanhar pelo Delegado da AICEP, João Falardo, foram recebidas pelo Pde. Nuno Almeida e outros membros da Congregação dos Missionários Passionistas, que ali já desenvolvem um trabalho significativo devido à proximidade e seu envolvimento com a comunidade local.

Os Missionários Passionistas têm já contribuído na área da educação em Angola, nomeadamente, apoiando a criação de uma biblioteca com uma sala de estudo e de computadores, na concretização da ampliação da Escola Primária 5082 e na dinamização do seu clube de leitura, bem como no suporte à alfabetização das mulheres do movimento Promoção da Mulher Angolana na Igreja Católica (PROMAICA), ou na colaboração regular com a prisão de Calumbo. Para além deste apoio escolar, têm dado também suporte alimentar realizado através do projeto Sopas Nutritivas, produzindo diariamente de cerca de 9.200 sopas feitas à base de produtos da terra e com elevado valor nutritivo (como amendoim, moringa, muteta, mengaleca ou gergelim).

Os planos de expansão do Santuário S. José do Calumbo, previsto para breve, foi um dos temas abordados nesta visita. A obra em vista “(…) terá um impacto positivo não apenas no que se refere ao culto religioso, mas também termos de criação de emprego e na melhoria das condições de vida da população local, à semelhança do que já acontece no Santuário da Muxima (…)”.

*Notícia elaborada e imagens de informação divulgada por Camões Angola.

 

 

Subscreva a nossa newsletter